Ecrã Azul

Pub: http://portugal-gravido.blogspot.com

Falhas de segurança vão a leilão

Foi criado um leilão on-line como forma de colocar em contacto aqueles que descobrem falhas nos sistemas de segurança com as empresas que as podem resolver.

Ao remunerar os indivíduos que descobrem as falhas, espera-se evitar que acabem por cair nas mãos de cyber-criminosos, assim como reduzir a distância entre as falhas que existem e aquelas que são realmente detectadas.

Existe um vasto mercado, que envolve avultadas somas monetárias, em torno de falhas nos sistemas de segurança que possam ser aproveitadas para o roubo de identidade.

Segundo a BBC, o ano passado a empresa de anti-vírus Kaspersky revelou que os hackers russos estavam a vender uma vulnerabilidade para Windows por cerca de 4 mil dólares, aproximadamente 2900 euros.

Os leilões decorrem no site WabiSabiLabi, e pretendem acabar com o negócio das vulnerabilidades a um nível clandestino, dando a esses especialistas um mercado onde possam actuar.

Fonte: Sol

Anúncios

13 Julho 2007 Posted by | Internet, Notícias | Deixe um comentário

Informático sofre…

Diálogo entre um Utilizador de computador e o Técnico da firma que lhe vendeu a máquina:
Técnico: Suporte Técnico às suas ordens. No que posso ajuda-lo?
Utilizador: Está a sair uma fumo de trás do computador.
Técnico: Provavelmente a sua fonte queimou. Vai precisar trocá-la.
Utilizador: Nada disso. Só preciso mudar uns ficheiros de configuração.
Técnico: Se há fumo saindo da fonte, é a fonte que está queimada. Será necessário trocar a fonte.
Utilizador: Não senhor. Disseram-me que só é preciso trocar a configuração do sistema para resolver este problema. Só quero saber qual é o comando.
Depois de dez minutos, apesar dos esforços do Técnico para explicar o problema e a solução, o cliente insiste em ter razão e exigir que lhe seja dado o comando que vai resolver o problema. O cliente tendo sempre razão, só resta ao Técnico um meio de agir:
Técnico: Mil desculpas… o senhor tem razão. Nos não costumamos informar este procedimento aos nosso clientes, mas existe um comando DOS não documentado que resolve este problema.
Utilizador: Eu sabia!
Técnico: Acrescente a linha “DEVICE=C:\DOS\NOSMOKE.SYS” no fim do seu ficheiro CONFIG.SYS. Depois faça um ReBoot e tudo irá funcionar.
Ligue de novo se tiver algum problema.
Uns dez minutos depois o cliente volta a ligar.
Utilizador: Não funcionou. Ainda sai fumo da fonte…
Técnico: Mas que versão de DOS é que o senhor está a usar?
Utilizador: MS-DOS 6.22
Técnico: Cá está o problema! Essa versão do DOS não vem com o NOSMOKE. Ligue para a Microsoft e peça para lhe enviarem uma actualização.
Cerca de uma hora depois, o cliente liga novamente.
Utilizador: Preciso de uma nova fonte…
Técnico: Muito bem. Posso levá-la aí hoje mesmo.
Mas diga-me: como chegou a essa conclusão?
Utilizador: Eu liguei para a Microsoft e repeti o que lhe disse.
Depois de uma longa discussão, ele pediu-me a marca e o modelo do meu computador.
Técnico: E o que foi que ele disse?
Utilizador: Ele disse que minha fonte não e compatível com o NOSMOKE…

12 Julho 2007 Posted by | histórias, Humor | 2 comentários

a estúpida do iPhone

Uma mulher tentou fazer negócio com a grande procura do iPhone mas teve azar.

A euforia suscitada pelo lançamento do Apple iPhone nos EUA, há alguns dias atrás, deu origem a várias situações bizarras, entre as quais as de uma mulher que tentou fazer negócio com a revenda do equipamento.

Para conseguir, a sua estratégia passava pela compra de vários iPhones, revendendo-os depois a um preço superior e lucrando, assim, bastante dinheiro.

Nesse sentido, dirigiu-se a uma das lojas da AT&T em Dallas onde o terminal estava a ser vendido e começou por comprar o lugar de um invidíduo que estava nos lugares da frente da enorme fila de espera. E pagou-lhe 800 dólares.

Só quando chegou a sua vez é que percebeu que apenas podia comprar um aparelho e não uma série deles para posteriormente vender no eBay.

A mulher é agora conhecida em Dallas como «a estúpida do iPhone», enquanto o jovem que lhe vendeu o lugar na fila é que fez negócio porque lucrou os 800 dólares e, quando acabou por chegar a vez dele, ainda havia equipamentos e pôde comprar um iPhone pelo preço de tabela.

Fonte: Telemóveis.com

9 Julho 2007 Posted by | histórias | Deixe um comentário